Mobilidade Urbana

DF: Alunos do ensino fundamental vivenciam o uso da faixa de pedestres

Foto: Higor Viana/Bsb Mobi

Atividade é realizada em alusão ao Dia Nacional do Trânsito, comemorado no dia 25 de setembro.


Uma lição de cidadania: alunos do 1º ao 5º ano do colégio Marista João Paulo II, na Asa Norte, recebem orientações sobre o respeito à faixa de pedestres durante esta quarta-feira (26). O projeto é uma iniciativa da instituição de ensino em parceira com o Detran-DF. Agentes de trânsito realizam atividades lúdicas com os discentes através de jogos, palestras e atividades práticas na rua.

A proposta é conscientizar os alunos que, enquanto pedestres, eles também são parte fundamental na construção do trânsito seguro. Uma das atividades foi desenvolvida pela escola na forma de um jogo. O aluno avalia o trânsito sob o ponto de vista do próprio comportamento enquanto pedestre e também analisam como os pais agem enquanto motoristas.

Foto: Higor Viana/Bsb Mobi

A coordenadora pedagógica da instituição, Bruna dos Santos, explica que a escola desenvolve trabalhos contínuos sobre educação no trânsito. A localização da unidade, às margens da W3 Norte, e a necessidade de formação das crianças justifica a realização do trabalho.

“A cidade carece de projetos de formação desde a base para que a gente tenha um transito mais tranquilo”, explica. “A criança aprende, desde pequena, a ter atitudes no trânsito que valorizam a vida”, conclui Bruna.

De acordo com o coordenador do núcleo de Campanhas Educativas de Trânsito do Detran-DF, Antônio Carlos dos Anjos, os projetos de educação no trânsito vistam entre cinco e seis escolas diariamente. “São mais de 700 mil estudantes em Brasília. Nós temos certeza que nosso espaço é a escola”, afirma o coordenador. A ideia da atividade, segundo Antônio, não é instruir crianças a fiscalizar os pais. “Falando com as crianças, nos temos a certeza que formaremos pedestres mais atentos e futuros condutores mais responsáveis”, frisou.

A criançada rendeu muitos elogios à iniciativa. Para a estudante Mariana Rossi, de 9 anos, foi um momento diferenciado da rotina acadêmica que trouxe novos aprendizados. “A gente se divertiu muito e foi um trabalho bem legal que o Detran e a escola fizeram”, disse. Já para Fernanda Caravalho, estudante do 4º ano, a aula trouxe conhecimentos que serão utilizados no dia a dia. “Eu aprendi que devemos dar o sinal de vida quando formos atravessar a faixa de pedestres”, destacou.

Ao todo, mais de 1.700 estudantes da unidade de ensino, nos períodos da manhã e tarde, participam das atividades.

Higor Viana

Jornalista formado desde 2017, atua como repórter e assessor de imprensa. Editor-chefe do site Bsb Mobi.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta