Mobilidade Urbana Ônibus

DF: Duas estações do BRT Sul entram em funcionamento

Foto: Fernando Sousa/Bsb Mobi

Estações Catetinho e Quadra 26 começaram a operar nesta quarta-feira (17)


Duas estações do Expresso DF Sul, que é o sistema de BRT do DF, iniciaram suas operações nesta quarta-feira (17/10). São elas as estações Catetinho e Quadra 26, ambas localizadas no Park Way ao longo da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA Sul). Com isso, o sistema passa a ter 8 estações em operação.

Antes dessa entrega, já estavam em funcionamento as estações Park Way (Floricultura), Vargem Bonita, Granja do Ipê (na EPIA Sul), Caub II, Periquito (no Gama) e Santos Dumont (Santa Maria), além dos três terminais de integração (Rod. Plano Piloto, Gama e Santa Maria).

Para embarcar ou desembarcar em qualquer dessas estações, o passageiro deve pegar os ônibus de linha “Paradora”, que são os que tem como destino o Eixinho Sul e as avenidas W3 e L2. Os ônibus de linhas Expressas só fazem embarques nos terminais e na estação Park Way.

Para utilizar o serviço do BRT, o passageiro deve ter, obrigatoriamente, um cartão do Bilhete Único. A tarifa é de R$ 5,00 e o BRT pode ser utilizado de forma integrada com mais duas conduções. O valor nos três embarques é de R$ 5,00 se as viagens forem feitas no prazo de três horas.

Estações entram em atividade quatro anos após o lançamento do BRT de Brasília

A entrega das estações acontece quase quatro anos após a inauguração do BRT, em 2014. O modal foi uma das obras previstas para Brasília em virtude da realização da Copa do Mundo no mesmo ano, já que a cidade era uma das sedes do mundial.

O BRT faz a ligação entre o Plano Piloto e as cidades de Gama e Santa Maria. Por contar com faixas exclusivas próximas ao canteiro central, os ônibus que trafegam por elas não participam dos engarrafamentos que acontecem na via e isso traz agilidade ao sistema. Uma viagem saindo da Rodoviária do Plano Piloto em direção às estações do BRT na entrada das referidas cidades satélites tem duração média de 40 minutos, mesmo em horários de pico.

Contudo, para a implantação desse sistema, grande parte das linhas que faziam a ligação direta entre Gama, Santa Maria e a região central do DF foram extintas. À época, tal fato provocou a indignação dos passageiros. As linhas remanescentes (217.2, 0.218, 252.1 e 272.1) são as que chegam até a avenida W3 Norte, passando pelo Setor Gráfico. Esse trecho não é contemplado pelo BRT, o que motivou a permanência desses itinerários no sistema.

Diariamente, cerca de 95 mil pessoas utilizam as sete linhas do BRT (linhas 2201, 2202, 2203, 2205, 2301, 2302 e 2303). O sistema é operado pela Viação Pioneira.

Higor Viana

Jornalista formado desde 2017, atua como repórter e assessor de imprensa. Editor-chefe do site Bsb Mobi.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta