Mobilidade Urbana Ônibus

DF: Ônibus podem seguir trafegando em pista sobre a Barragem do Paranoá

Foto: Fernando Sousa/Bsb Mobi

No entanto, demais veículos pesados terão tráfego impedido no trecho; alteração passa a valer a partir de 1º de março


Ônibus do transporte coletivo poderão trafegar na pista que está sobre a Barragem do Paranoá. O anúncio foi feito pelo Departamento de Estradas e Rodagens do Distrito Federal (DER-DF) durante esta terça-feira (29/1). Os coletivos que passam pela via atendem linhas de ônibus das cidades do Paranoá e Itapõa, que seguem para o Lago Sul e Ponte JK.

No entanto, o departamento decidiu pela restrição do tráfego de caminhões sobre a represa. A medida começa a valer no dia 1º de março. Os veículos serão redirecionados para vias alternativas, como a DF-005 e DF-001 – no trecho que passa pelo Altiplano Leste. A medida veio da preocupação com a estabilidade da construção, inaugurada na década de 1950.

A velocidade máxima no trecho, que é de 60 km/h para quem segue no sentido Lago Sul/Paranoá, será reduzida para 40 km/h assim como acontece no trecho inverso.

O DER explica que a medida é preventiva. De acordo com o departamento, a pista que passa sobre a barragem receberá reparos. Além da impermeabilização da estrutura asfáltica, os drenos serão revitalizados. A expectativa é que as obras sejam concluídas em um prazo de 30 dias.

Mesmo com a proibição do trânsito de veículos pesados, um estudo elaborado pelo Departamento em parceria com a Companhia Energética de Brasília (CEB) garante a segurança da barragem, descartando rompimentos como aconteceu na última sexta-feira (25) em Brumadinho (MG). O documento foi apresentado ao governador Ibaneis Rocha (MDB).

DER-DF e CEB afirmam não haver riscos à segurança na barragem. Foto: Gabriel Jabur/GDF

Redação

O BSB Mobi é um portal de notícias especializado em mobilidade urbana. O site traz as principais informações sobre o tema em todo o Brasil, com foco principal no Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta