Carros, Táxis e Aplicativos Mobilidade Urbana

DF: 20% dos motoristas demoram até 1 hora e meia por dia no trânsito do Distrito Federal, afirma Codeplan

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Para solucionar problemas com o trânsito, governo deve investir em políticas de mobilidade urbana


O trânsito pelo Distrito Federal consome o tempo dos motoristas. Uma pesquisa da Companhia de Planjamento do Distrito Federal (Codeplan) revelou que 20% dos condutores gastam de 30 a 45 minutos no caminho para o trabalho. Isso significa que, contando ida e volta, esse tempo varia de 1 hora a 1 hora e meia no trânsito.

Em entrevista à TV Globo, o assessor do Detran-DF, Glauber Peixoto, revela que o problema é agravado por conta do tombamento de Brasília. Ou seja, o fato impede a construção de novas vias ou a ampliação das já existentes. “Tranquilamente nós temos mais de 2 milhões de veículos pelo Distrito Feederal”, constata. Os números do departamento indicam que a quantidade de carros que circulam pelo DF cresceu 60% nos últimos 10 anos.

Ele ainda diz que, em caso de problemas no trânsito, as equipes do Detran tem de estar próximas ao local da ocorrência para uma rápida ação, afim de “dar o atendimento o mais rápido possível para que o trânsito possa seguir normalmente”. 

Solução é investir em transporte coletivo

Com a crescente quantidade de carros nas vias do DF, a solução é investir em transporte público. Esse coro é reforçado pelos especialistas do setor. Maria Rosa Abreu, professora do Departamento de Pesquisas de Trânsito da UnB, afirma que, em países europeus, os investimentos públicos são direcionados aos sistemas de transporte coletivo, especialmente expansão de metrôs. 

“O desafio é implementar um sistema estruturado, que tenha nos eixos principais um transporte de alta capacidade, seja ele trilho, metrô, trem urbano, que é o que as cidades vem fazendo”, diz Maria à emissora. Ela ainda aponta que os investimentos em ampliação de vias do DF tem como resultado o aumento de carros nas pistas.

Em nota, a Secretaria de Transportes e Mobilidade diz que toma medidas para melhorar a fluidez do trânsito. Um dos feitos listados pela pasta é a inversão das vias exclusivas da EPTG, que possibilitou aos ônibus de 63 linhas de ônibus transitar pelas faixas separadas. Mas, ao mesmo tempo, os carros particulares passaram a utilizar a via no sentido original. Outro obra mencionada é a finalização do Trevo de Triagem Norte, na Saída Norte. 

Redação

O BSB Mobi é um portal de notícias especializado em mobilidade urbana. O site traz as principais informações sobre o tema em todo o Brasil, com foco principal no Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta