Carros, Táxis e Aplicativos Mobilidade Urbana

DF: Comissão de Transporte e Mobilidade da CLDF aprova ampliação de idade máxima dos táxis

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

A Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana da Câmara Legislativa do DF se reuniu, nesta quarta-feira (22/05/19), pela primeira vez em uma sessão ordinária. O colegiado aprovou algumas propostas, que ainda seguem em outras comissões antes de serem votadas em dois turnos no plenário.

Uma das pautas diz respeito à idade máxima dos táxis do DF. O PL nº 302/2019 amplia esse limite de cinco para oito anos, assim como acontece com os carros de aplicativos de transportes. A proposta que atende motoristas das plataformas digitais foi aprovada no final de 2018.

Segundo o presidente da comissão, deputado Valdelino Barcelos (PP), a ideia é garantir isonomia entre as duas categorias. “O estabelecimento de condições de igualdade se justifica para afastar a concorrência desleal que se estabeleceu entre ambos”, destaca o distrital.

Vagas exclusivas – Outro texto aprovado é o PL nº 33/2019, de autoria do deputado Eduardo Pedrosa (PTC). A proposta prevê a reserva de vagas para veículos híbridos A justificativa apresentada no texto é a necessidade de suavizar as mudanças climáticas globais utilizando energias renováveis

Projetos revogados – Outros três textos de Eduardo Pedrosa foram aprovados. As proposições revogam leis distritais que não se tornaram efetivas. Os deputados Valdelino Barcelos, Eduardo Pedrosa e Roosevelt Vilela (PSB) votaram a favor dessas anulações.

Uma das propostas anuladas previa a colocação de faixas de pedestre nos Eixos Rodoviários Norte e Sul. Outro texto estabelecia que os ônibus tivessem caixas onde usuários colocassem sugestões e reclamações. E a terceira est substituição de buzinas por músicas nos caminhões que realizam venda direta de produtos à população.

BSB Mobi

Site especializado em notícias sobre mobilidade urbana, especialmente na região do Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar