Infraestrutura

DF: Risco de desabamento provoca interdição em parte da Rodoviária do Plano Piloto

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

A partir desta quarta-feira (26), nenhum veículo pode transitar na plataforma superior sentido Norte-Sul


O Governo do Distrito Federal ordenou, a partir desta quarta-feira (26/06/19), a interdição de uma uma das vias da Rodoviária do Plano Piloto. Com riscos de desabamento, o trânsito no sentido Norte-Sul da plataforma superior, entre o Conjunto Nacional e o Conic, foi completamente bloqueado. Já no sentido oposto, veículos pesados ficam proibidos de trafegar.

Os técnicos do governo acompanhavam a estrutura da Rodoviária. Nos últimos dias, os profissionais identificaram problemas. Em um curto espaço de tempo, fissuras de 0,5 cm triplicaram de tamanho.

Pelo local passam 700 mil pessoas diariamente. A decisão tem como objetivo evitar acidentes e mortes, afirma o governador Ibaneis Rocha (PMDB). “Temos um laudo indicando que, se as fissuras chegassem a 0,7cm, haveria um grande risco de desmoronamento. Para preservar a população, vamos interditar um dos trechos imediatamente”, aponta.

Laudo da Novacap

Técnicos da Novacap elaboraram um laudo, e identificaram na laje de cobertura da plataforma inferior “o rompimento de cabos de protensão de longarinas por corrosão, movimentação anormal com abertura de frestas em vigas de encabeçamento do caixão perdido da plataforma superior, problemas de infiltração, problemas com estrutura do reservatório de incêndio, corrosão nos guarda-corpos dos viadutos, fissuras de vigas e lajes”.

O levantamento aponta ainda que “as fissuras estruturais são as de maior relevância e podem trazer maior risco à segurança estrutural da rodoviária, inclusive risco de colapso estrutural e desabamento, exigindo ações imediatas”.

Confira um trecho do laudo:

BSB Mobi

Site especializado em notícias sobre mobilidade urbana, especialmente na região do Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar