Notícias Trem, Metrô e VLT

DF: Greve dos metroviários completa 75 dias e Metrô apresenta proposta

Uma nova audiência entre empresa e empregados está marcada para esta terça-feira (16), às 14 horas


A greve dos metroviários no Distrito Federal chegou, nesta segunda-feira (15/07/19), ao seu 75º dia. A paralisação é a maior da história, e afeta a rotina de cerca de 160 mil passageiros, especialmente nas cidades de Samambaia, Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Guará e Plano Piloto.

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) apresentou, no último sábado (13), uma proposta para pôr fim ao movimento grevista. A estatal oferece 6% de aumento no auxílio alimentação/refeição dos servidores, o mesmo valor para ressarcimento do plano de saúde e incorporação da carga horária de 6 (seis) horas ao contrato de trabalho dos pilotos.

Mesmo após obtenção de liminar do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que determinava o desconto dos dias parados, a diretoria da empresa e o GDF propõem abono de 20%  e  80% como compensação diária dos dias parados. A empresa também oferece a manutenção do atual Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), que poderá ser prorrogado por dois anos.

O SindMetrô, que representa a categoria, afirma que irá analisar a proposta. Uma nova reunião entre empresa e funcionários está marcada para esta terça-feira (16), às 14 horas.

Redação

O BSB Mobi é um portal de notícias especializado em mobilidade urbana. O site traz as principais informações sobre o tema em todo o Brasil, com foco principal no Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta