Notícias Ônibus

GO: Empresas de ônibus de Goiânia apresentam novo sistema de bilhetagem eletrônica

Representantes de empresas do CMTC assinam contrato com a Prodata. Foto: Divulgação

A promessa é inserir recursos como biometria facial, pagamento por QR Code, cartão de crédito ou débito por aproximação (NFC) e wi-fi a bordo. A tecnologia deve estar em plena operação até dezembro de 2020


A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) de Goiânia apresentou, nesta terça-feira (26/11/19), um novo sistema de bilhetagem eletrônica Sitpass. Em um evento na sede do consórcio, a nova tecnologia foi apresentada.

A expectativa da CMTC é de que o novo sistema “vai tornar a utilização do transporte coletivo na Região Metropolitana de Goiânia mais fácil, prática e segura, além de ampliar o acesso dos clientes ao serviço”. Os equipamentos e a tecnologia serão fornecidos pela empresa Prodata.

“É um sistema prático, que também usa a internet e o smartphone. Praticamente toda a população já utiliza hoje os cartões de crédito e débito ou o smartphone, então isso vai facilitar muito a adesão a essas novidades”, defende o presidente da CMTC, Benjamin Kennedy Machado da Costa. Segundo Benjamin, os usuários “não terão nenhuma dificuldade de adaptação às mudanças”.

Novidades

A promessa é que o novo sistema de bilhetagem tenha funcionalidades como biometria facial, pagamento por QR Code, cartões Sitpass, cartão de crédito ou débito por aproximação (NFC), pagamento em nuvem, recarga a bordo, wi-fi a bordo e atualização de dados dos cartões a bordo. 

A primeira fase, que contempla a biometria facial e o QR Code, será executada em até oito meses após a assinatura do contrato. A segunda fase terá prazo de conclusão de quatro meses após o término da primeira etapa. A previsão é que o novo sistema esteja em pleno funcionamento até dezembro de 2020. 

A nova tecnologia será implantada gradualmente, diz o diretor executivo do RedeMob Consórcio, Leomar Avelino. “Pretendemos implantar este sistema com o mínimo de impacto na vida da população”, garante. Ele pontua que “Goiânia será a única com todas as funcionalidades juntas e integradas”.

Segundo o CMTC, a nova tecnologia “foi escolhida a partir de estudos de mercado com as principais empresas do setor, que apontaram a Prodata como fornecedora do melhor conjunto de recursos disponíveis no Brasil atualmente”. Além de deixar as viagens mais agradáveis e o sistema de transporte mais prático e seguro, a nova bilhetagem vai permitir a flexibilização tarifária por tipo de dia, horário ou linha, e possibilitar maior integração eletrônica entre as linhas sem uso dos terminais.

A transição para o novo sistema de bilhetagem será executada sem prejuízos ao sistema atual. Todas as etapas do processo serão cumpridas de forma a minimizar o impacto durante o período de transição de forma a esclarecer para os usuários todos os benefícios que chegarão com a mudança, por meio de campanhas nas redes sociais e nos terminais de integração da RMTC.

Confira no vídeo abaixo como vai funcionar a tecnologia a ser implantada em Goiânia:

Redação

O BSB Mobi é um portal de notícias especializado em mobilidade urbana. O site traz as principais informações sobre o tema em todo o Brasil, com foco principal no Distrito Federal e Entorno.

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta